Granulação de escória

A granulação da escória do alto-forno representa uma opção muito atrativa já que converte a escória em um sub-produto muito valioso que pode ser vendido à indústria do cimento. Os altos-fornos geralmente entre 200 e 400 kg de escória líquida por cada tonelada de metal quente produzida. Há 10-15 anos, a escória do alto-forno era considerada um desperdício e se descartava em um lugar apropriado fora do alto forno. O uso de escória de alto-forno em substituição de clinker para a produção de cimento, hoje é aceito mundialmente, obtendo como resultado um cimento de alta qualidade, comparável com o portland convencional a um custo mais atrativo. O descarte e cumulação de grandes quantidades de escória de alto-forno podem ser evitados, reduzindo a intensidade de uso e mantendo os poços de escória seca e os conseqüentes problemas ambientais. Uma vantagem adicional ao uso de escória de alto-forno na produção de cimento é a redução de emissões de CO2. Por cada tonelada de clinker substituído por escória de alto-forno granulada se obtém una tonelada menos de emissão de CO2.